0800 723 8320


VEM COMIGO DESCOBRIR!

Olá, queridinhos!

Ter uma boa alimentação é um desafio para qualquer um, especialmente durante a correria do dia a dia. É muito comum que as pessoas recorram a alimentos fáceis, rápidos e nada saudáveis, como junk food e todo tipo de comida pronta, seja comprada nos supermercados, seja comprada em restaurantes.

Mas vocês sabiam que, no Brasil, ainda é mais barato comer comida de verdade do que comprar comida pronta? É isso mesmo! Além disso, nosso país tem o Guia alimentar para a população brasileira, com dicas e informações preciosas para a alimentação dos brasileiros, baseados nos alimentos típicos de nosso país.

O QUE É O GUIA?

O Guia alimentar é um documento elaborado pelo Ministério da Saúde que dá as diretrizes alimentares oficiais em nosso país. Baseado em pesquisas científicas, o Guia esclarece sobre ingredientes, tipo de alimentos e tira várias dúvidas a respeito da alimentação com o objetivo de levar informações de qualidade para a população, de modo que tenham autonomia em suas escolhas alimentares.

O QUE O GUIA RECOMENDA?

Existem algumas recomendações básicas para ter uma alimentação saudável:

1) Consuma alimentos In Natura (ou minimamente processados) no dia a dia

É o que chamam de “comida de verdade”: alimentos naturais, que podem ser tanto in natura quanto minimamente processados. E o que isso significa? Alimentos in natura são alimentos crus, como frutas, verduras e legumes. Os alimentos minimamente processados são aqueles que passam por processos industriais para limpeza e embalagem, como o arroz e o feijão. Com esses alimentos, fazemos preparações culinárias, isto é, cozinhamos comida de verdade.

2) Utilize e consuma pouco óleo, gordura, sal e açúcar

Esses ingredientes não causam danos gratuitamente, mas sim quando consumidos em grandes quantidades e por um período longo de tempo. Precisamos deles para tornar os alimentos saborosos, mas, em excesso, podem levar ao desenvolvimento de doenças e a uma saúde mais frágil. Por isso, não é necessário eliminá-los de sua dieta, mas consumir com moderação.

3) Evite alimentos ultraprocessados

Aqueles alimentos criados industrialmente, como biscoitos recheados, salgadinhos, sopas instantâneas, molhos prontos para salada, entre inúmeros outros, são extremamente prejudiciais à saúde. Possuem uma grande quantidade de sódio e gordura, e são produzidos de forma a estimular um consumo excessivo. Por isso, devem ser evitados e, sempre que possível, substituídos por alimentos naturais.

4) Faça escolhas saudáveis

A comida preparada na hora, como a que as nossas mães e avós faziam, é a melhor opção. Quanto mais natural a alimentação, mais saudável. Mas não esqueça que as quantidades importam! Por isso, divida as tarefas em casa: se todos ajudarem, todos podem ter comida de verdade todos os dias, sem precisar recorrer a comidas rápidas e prejudiciais à saúde!


Acompanhe  nosso BLOG, nossa página no Facebook e Instagram e não se esqueça de marcar os amigos, viu?! Beijocas e pipocas da Nici!  😘🍿

 

 Nici

Mãe e avó dedicada,  está sempre antenada. Adora descobrir e compartilhar novas receitas.

Acompanhe a Nicioli nas Mídias Sociais!